Youtube
facebook
Twitter
Rss
Email

Imprensa

6 de setembro de 2017 - 16h27

TRE-RN participa da reunião preparatória do encontro do Judiciário em Brasília

TRE-RN participa da reunião preparatória do encontro do Judiciário em Brasília

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, Desembargador Dilermando Mota, a Diretora-Geral, Andréa Campos e a servidora da Assessoria de Planejamento, Maria Ruth Holanda, participaram juntamente com presidentes de outros tribunais brasileiros, membros da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário e servidores de gestão estratégica e estatística, em Brasília, nos dias 4 e 5 de setembro, da Reunião Preparatória do XI Encontro Nacional do Poder Judiciário, agendado para os dias 20 e 21 de novembro. 

O evento marcou a apresentação de dados estatísticos da Justiça brasileira, como o Relatório Supremo em Ação, com dados do Supremo Tribunal Federal (STF), o Relatório Justiça em Números 2017, referente à movimentação processual e gestão judiciária do ano de 2016. A programação também incluiu a discussão das propostas de metas a serem perseguidas pelos órgãos do Judiciário ao longo de 2018.

A abertura da Reunião Preparatória foi realizada pela presidente do CNJ e do STF, ministra Cármen Lúcia, e pelo vice-presidente do STF, ministro Dias Toffoli, na segunda-feira (4/9), em que foi apresentado o Relatório ‘Supremo em Ação’, publicado no final de junho deste ano pelo CNJ. Em seguida, foi apresentado o Relatório ‘Justiça em Números 2017’. A mesa foi formada pelo presidente da Comissão Permanente de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento do CNJ, conselheiro Bruno Ronchetti, e pela diretora executiva do Departamento de Pesquisas Judiciárias do CNJ, Maria Tereza Sadek. 

Relatório Justiça em números 

Principal fonte de estatísticas do Poder Judiciário, o ‘Justiça em Números’ traz os dados consolidados da estrutura e litigiosidade do Poder Judiciário, além dos indicadores e das análises que subsidiam a gestão judiciária brasileira. Durante o evento, o relatório também foi objeto de análise no painel “O Judiciário em Pauta”. A mesa foi presidida pelo secretário-geral do CNJ, Júlio Ferreira de Andrade, e contou com os debatedores, jornalistas Frederico Vasconcelos, Míriam Leitão e Eliane Cantanhêde. 

Metas do Judiciário 

Os Encontros Nacionais do Poder Judiciário são tradicionalmente antecedidos pela realização de duas reuniões preparatórias para formulação das Metas do Judiciário. Em 2017, a primeira etapa dos debates foi feita, por determinação da presidente do CNJ, ministra Cármen Lúcia, em um espaço virtual coordenado pela Diretoria de Gestão Estratégica do Conselho. 

Já na etapa presencial, as propostas foram enriquecidas por sugestões recebidas pelos tribunais brasileiros a partir de consultas feitas a magistrados, servidores, associações de classe e da sociedade. Este envolvimento está previsto naResolução n. 221/2016  e, a critério dos tribunais, foi promovido por meio de workshops, consultas públicas, pesquisas internas, reuniões temáticas ou discussão com grupos focais. As propostas de metas para 2018 foram apresentadas na terça-feira (5) em plenária formada por todos os segmentos da Justiça.

 

*Com informações da Agência CNJ de Notícias

Gestor Responsável: Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial +

Quem somos

Contatos