Gestão de Riscos

 

A política de gestão de riscos da Justiça Eleitoral do RN (Resolução nº 17/2017-TRE/RN) (Formato PDF) tem por princípios:

I - proteger os valores institucionais;
II - contribuir para a disseminação de uma cultura de planejamento, mensuração e controle voltada ao alcance de resultados e à melhoria de processos;
III - aplicar-se a qualquer tipo de tarefa, atividade, processo ou projeto;
IV - fomentar a ação empreendedora responsável e dar subsídios à inovação;
V - considerar riscos também sob a perspectiva de oportunidade;
VI - basear-se nas informações quantitativa disponíveis;
VII - ser implantada por meio de ciclos de revisão e melhoria contínua;
VIII - considerar os fatores humanos e culturais da instituição e seus movimentos de transformação;
IX - ser dirigida, apoiada e monitorada pela alta administração;
X - ser dinâmica e formalizada por meio de metodologias, normas, manuais e procedimentos;
XI - desenvolver a capacitação dos agentes públicos em gestão de riscos de forma continuada; e
XII - adotar controles internos proporcionais aos riscos, com base na relação custo-benefício e na agregação de valor à instituição. 

A responsabilidade pelo sistema de gestão de riscos está definido na política, que relaciona as seguintes instâncias para o exercício dessa competência:  

- o Pleno;
- o Presidente;
- o Corregedor Regional Eleitoral;
- o Comitê de Gestão de Riscos;
- a unidade de Planejamento e Gestão Estratégica;
- os gestores de risco;
- a unidade de Auditoria Interna.

O Comitê de Gestão de de Riscos foi designado pela Portaria nº 45/2019-GP (Formato PDF), tendo com integrantes os titulares da Diretoria-Geral, que o preside, das Secretaria e da Assessoria de Planejamento e Gestão.

A gestão de riscos na Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte contemplará os seguintes fases:

1. Estabelecimento do contexto;
2. Identificação;
3. Análise, avaliação e tratamento dos riscos;
4. Monitoramento;
5. Comunicação e consulta aos interessados; e
6. Melhoria contínua.

PROCESSO DE GESTÃO DE RISCOS

* Os formulários estão em formato ZIP, podendo ser editados.

A implantação da gestão de riscos na será realizada inicialmente na Secretaria do Tribunal, em etapas, estando previstas ações de divulgação e oficinas específicas por processo de trabalho, cujos resultados, após avaliação, definirá a metodologia para a extensão gradativa para toda a Justiça Eleitoral do RN.