Servidores da justiça eleitoral potiguar participam de curso sobre ‘Prestação de Contas’

A capacitação está sendo ministrada pela Secretária de Controle Interno e Auditoria do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), Denise Goulart Schlickmann.

TRE-RN Servidores participam de curso sobre ‘Prestação de Contas’

Nos dias 18 e 19 de dezembro, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte capacita 31 servidores da Secretaria Judiciária, Assessoria Judiciária da Presidência, Assessoria Jurídica da Corregedoria Regional Eleitoral, além das Zonas Eleitorais da Capital e Região Metropolitana, no curso “Prestação de Contas na Justiça Eleitoral Com Ênfase nas Contas Anuais de Partidos Políticos”, com vistas a preparar as equipes envolvidas nas atividades relacionadas à análise técnica de prestações de contas anuais de partidos políticos, com base nas regras das Resoluções TSE nº 23.432/2014 e nº 23.464/2015.  Nesta segunda-feira (18) o evento foi aberto pelo Chefe de Gabinete da Presidência, Dr. Josoniel Fonseca da Silva, e está sendo realizado no Centro de Treinamento do Tribunal.

A capacitação está sendo ministrada pela Secretária de Controle Interno e Auditoria do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), Denise Goulart Schlickmann. A Secretária é bacharel em Ciências Econômicas, Ciências Contábeis e Direito, pela Universidade Federal de Santa Catarina; Pós-Graduada em Auditoria Governamental pela FEPESE/UFSC, e em Direito Eleitoral pela UNIVALI; Mestranda em Direito pela UFSC; Membro da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (ABRADEP) e Membro do Núcleo de Inteligência da Justiça Eleitoral. Denise tem larga experiência em sala de aula, tendo ministrado cursos nas áreas de contas eleitorais e partidárias, licitações e contratos, auditoria governamental e controle interno, no âmbito da Justiça Eleitoral e do Supremo Tribunal Federal.

A Secretária Judiciária do TRE-RN, Lígia Limeira, explica o objetivo do curso que acontece até esta terça-feira (19): “O curso versa sobre os exames técnicos, os procedimentos e o processamento das contas partidárias anuais, com as alterações trazidas pela última reforma política e visa à otimização dos trabalhos alusivos ao exame das contas partidárias, atividade de grande relevância para o processo democrático, sobretudo por viabilizar a fiscalização do financiamento e da aplicação de recursos pelos partidos políticos, inclusive nas campanhas eleitorais”, explicou. 

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes