Último dia para se inscrever no Teste Público de Segurança 2021

Qualquer brasileiro maior de 18 anos pode tentar quebrar barreiras de segurança da urna eletrônica; inscrições vão até às 23h59 de hoje (29)

Qualquer brasileiro maior de 18 anos pode tentar quebrar barreiras de segurança da urna eletrôni...

Ainda dá tempo de fazer a pré-inscrição para participar da sexta edição do Teste Público de Segurança (TPS). Qualquer brasileiro maior de 18 anos pode se inscrever para participar do TPS 2021. Para isso, basta preencher o formulário de pré-inscrição e apresentar os documentos necessários via e-mail (tps2021@tse.jus.br), Correios ou presencialmente no Protocolo Administrativo do TSE até a próxima quarta-feira, 29 de setembro.

No dia 30 de setembro, o TSE publicará a listagem com as pré-inscrições aprovadas e abrirá prazo para a proposição de recursos relativos a esta etapa. Todas as regras e informações referentes ao TPS 2021 podem ser encontradas no edital do evento.

Assista ao vídeo sobre o TPS 2021 no Instagram do TRE-RN.

Sobre o TPS

Realizado desde 2009, preferencialmente em anos não eleitorais, o evento tem o objetivo de aprimorar o sistema eletrônico de votação a partir de contribuições feitas por especialistas e não especialistas de fora da Justiça Eleitoral.

Durante o encontro, que acontecerá no período de 22 a 26 de novembro, na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, os participantes tentam quebrar as barreiras de segurança do voto eletrônico.

Objetivos

O TPS tem como finalidade fortalecer a confiabilidade, a transparência e a segurança do sistema eletrônico de votação, bem como obter contribuições dos participantes para a melhoria do processo eleitoral. Por meio de ações controladas, o Teste busca identificar vulnerabilidades e falhas relacionadas à violação da integridade ou do anonimato dos votos de uma eleição.

Na sexta edição, o TSE aumentou o tempo de inspeção do código-fonte da urna eletrônica de uma para duas semanas e o escopo de programas submetidos à análise dos investigadores. Agora, o TPS inclui os sistemas de apoio à auditoria de funcionamento das urnas no dia da votação (Módulo Sorteio); os sistemas de apoio à auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas em condições normais de uso (Módulo Votação); o Verificador Pré/Pós-Eleição (VPP) e o Verificador de Integridade e Autenticidade de sistemas eleitorais (AVPART), utilizados para a verificação de resumos digitais (hashes) e assinatura digital nas urnas eletrônicas.

O número de participantes também foi ampliado e subiu de 10 para 15 inscritos, que podem trabalhar de forma individual ou em grupos formados por até cinco membros.

Acesse https://www.justicaeleitoral.jus.br/tps/ para saber mais sobre o evento e participe!

Últimas notícias postadas

Recentes