TRE-RN concede selo “Amigo da Memória” à 22ª zona eleitoral

O selo "Amigo da Memória" é conferido às pessoas que fazem doações de documentos ou itens de valor histórico ao Centro de Memória do TRE-RN

TRE-RN concede selo “Amigo da Memória” à 22ª zona eleitoral

O presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo entregou à 22ª Zona Eleitoral, através do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, o primeiro certificado do programa “Amigo da Memória”, em virtude da doação de urna de madeira ao Centro de Memória da Justiça Eleitoral. A entrega do certificado ocorreu durante o encerramento das ações do Tribunal Aberto à Comunidade em Cruzeta/RN. A urna, que possui imenso valor histórico para a justiça potiguar, foi utilizada na década de 1930 e chega para complementar as exposições do TRE, que hoje já abrigam 19 urnas para exposição, sendo cinco de madeira, uma de lona branca, quatro de lona marrom, uma de acrílico e nove eletrônicas.

Instituído pela Portaria n° 169/2019-GP, o programa “Amigo da Memória” tem o objetivo de preservar a história político-eleitoral do estado, bem como a memória institucional da Justiça Eleitoral, mediante a adesão voluntária, por meio da doação de documentos ou itens de valor histórico ao Centro de Memória do TRE-RN. O selo "Amigo da Memória" é conferido aos doadores como uma maneira de reconhecer e valorizar as pessoas que contribuem para efetivação da construção histórica.

Encerramento do Tribunal Aberto à Comunidade

A última semana em Cruzeta/RN foi marcada pelas ações do Tribunal Aberto à Comunidade, organizado pela juiz eleitoral da 22ª ZE, Bruno Montenegro, com o apoio da Escola Judiciária Eleitoral do RN. A iniciativa foi pensada para promover a sensibilização dos jovens da cidade quanto à importância da participação política e cidadã. Na ocasião, foi montado um posto de atendimento da Justiça Eleitoral voltado para o alistamento eleitoral facultativo. De acordo com a análise realizada pela EJE-RN, essa ação proporcionou um crescimento expressivo no número jovens alistados, passando de 25% para 61% o percentual de adolescentes cruzetenses (com 16 e 17 anos de idade) aptos a votar.

Últimas notícias postadas

Recentes