Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é comemorado no TRE-RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte comemorou em grande estilo o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Palestra no plenário do TRE com os servidores premiados. A palestrante Juliana Silva, mestranda ...

Os servidores assistiram à palestra ministrada pela mestranda em Serviço Social, Juliana Silva, sobre o tema “Violência contra a mulher com deficiência". O evento foi organizado pelo Núcleo de Acessibilidade e Inclusão e pela Comissão de Acessibilidade do TRE-RN, e contou com o apoio da Assejern e do Sintrajurn. O diretor-geral em exercício, Marcos Maia, abriu o evento em nome do presidente, desembargador Glauber Rêgo, e destacou a importância da iniciativa: “Apesar dos esforços para garantir a equidade de gênero, as mulheres ainda são alvo de inúmeras formas de violência.

Curiosamente, foi a experiência e a coragem de uma mulher com restrição de mobilidade que culminou numa das mais importantes legislações para o combate à violência contra a mulher no mundo, a Lei Maria da Penha”. De acordo com dados reunidos pela ONG Essas Mulheres, 68% das denúncias de violência a pessoas com deficiência se referem a mulheres, número que salta a 82% quando se fala em violência sexual. A palestrante chamou a atenção para os números e alertou que qualquer um pode se tornar, a qualquer momento,uma pessoa com deficiência.

Além da palestra, os servidores participaram de uma dinâmica de inclusão que resultou na distribuição de brindes doados pela Associação dos Servidores da Justiça Eleitoral (Assejern). O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sitrajurn) ofereceu um café da manhã aos participantes,na esplanada do TRE-RN. Finalizando a programação, os servidores participaram de um sorteio de brindes e de uma experiência social. O momento consistiu na participação de dois voluntários, Rossana Nóbrega e Leandro de Andrade, que se locomoveram do plenário do Tribunal até o quinto andar do prédio utilizando uma venda, como forma de representar as dificuldades encontradas no dia a dia pelo deficiente visual, e em uma cadeira de rodas, que remeteu à condição cotidiana dos deficientes físicos. A ideia foi sensibilizar o público do TRE-RN quanto às dificuldades enfrentadas pelos deficientes.

Últimas notícias postadas

Recentes