Adriana Magalhães é empossada juíza titular do TRE-RN

Ela a quarta mulher a assumir, na cadeira de jurista, um cargo na Corte Eleitoral potiguar

Adriana Magalhães é empossada juíza titular do TRE-RN

A juíza Adriana Cavalcanti Magalhães Faustino Ferreira tomou posse como membro titular do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) para o biênio 2019-2021. Ela a quarta mulher a assumir, na cadeira de jurista, um cargo na Corte Eleitoral potiguar. A sessão solene, que aconteceu nesta segunda-feira (03) no Plenário da sede do TRE-RN, foi presidida pelo Desembargador Glauber Rêgo, e contou com a presença de diversas autoridades que vieram prestigiar o momento, além dos membros da Corte.

Após de assinar o termo de posse e vestir a toga, a juíza discursou ressaltando a participação feminina no cenário eleitoral potiguar e o grato privilégio de dar continuidade às lutas travadas por suas antecessoras. “Reconheço a responsabilidade de ser mulher neste espaço, ao mesmo tempo em que tenho a ciência do longo caminho que temos a percorrer em busca de igualdade de gênero e consequente aumento da legitimidade das decisões proferidas pelo Judiciário”, destacou. E reforçou continuou: “Acolho com modéstia e responsabilidade a incumbência de escrever, a partir de hoje, um capítulo que honre a história daquelas que vieram antes de mim, e de consolidar um caminho de merecimento para que outras juízas eleitorais aqui cumpram seu inderrogável pape”, garantiu.

A posse também representa outro marco histórico: Adriana é a primeira mulher a servir ao TRE-RN por dois biênios consecutivos. A juíza já atuava na corte eleitoral como membro substituta e, agora, renova seu compromisso com o TRE-RN para assumir mais uma missão, desta vez como titular. “Reforço o meu compromisso de zelo com a coisa pública e de dedicação irrestrita à atividade jurisdicional que continuarei a exercer com orgulho, civismo e absoluto empenho”, concluiu a juíza.

O presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, reforçou a alegria em empossar a juíza Adriana Magalhães e mencionou a importância da presença feminina na Justiça Eleitoral. “A figura feminina é muito prestigiada no TRE-RN, com mulheres atuando à frente de diversas áreas deste Regional; e agora a juíza Adriana vem somar e trazer a representatividade feminina também para a Corte Eleitoral, sendo ela a quarta mulher a assumir como juíza titular da Justiça Eleitoral potiguar, na cadeira de jurista”, ressaltou o presidente.

Em nome da Corte Eleitoral, o juiz federal Francisco Glauber Pessoa Alves fez a saudação e destacou as inúmeras qualidades de Adriana Magalhães, bem como a impecável trajetória da magistrada. “Adriana chega nessa casa após um produtivo período como suplente e, mais recentemente, como juíza auxiliar da propaganda. Nesta última função, já deu para sentir mais fortemente a natureza das demandas, interesses e pressões que circundam esta Corte”. E concluiu desejando votos de sucesso: “Desejo sinceramente um ótimo período nessa Casa, confiante na sua capacidade de contribuir com tudo de bom que um juiz deve ter, também espero e acredito que será o que as outras pessoas sentirão por Vossa Excelência ao fim do seu tempo como magistrada desta Corte, já que, por força de preceito constitucional, são temporários os mandatos”, afirmou o juiz.

A Procuradora Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, Cibele Benevides, também fez uso da palavra e destacou a felicidade em conviver novamente com a juíza Adriana. “Devo registrar que sou testemunha da sua brilhante trajetória profissional, sempre marcada pela coragem, competência, imparcialidade e retidão de caráter, características que sem dúvidas serão bem destacadas no exercício de suas funções de magistrada nesta Corte. Todos nós estamos felizes e honrados em tê-la doravante como a mais nova juíza do TRE-RN”, destacou a Procuradora.

Últimas notícias postadas

Recentes