Lançado o hotsite da Residência TI do TRE-RN

A plataforma tem o objetivo de divulgar todas as ações que estão sendo realizadas pelos residentes que atuam no programa.

Lançado o hotsite da Residência TI do TRE-RN

O hotsite do programa Residência TI do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) foi oficialmente lançado nesta semana. A plataforma, que está disponível no site do Regional Eleitoral ou através do link: https://residencia.tre-rn.jus.br/, tem o objetivo de divulgar todas as ações que estão sendo realizadas pelos residentes que atuam no programa.

“A iniciativa de criar esse hotsite é muito importante porque é uma maneira de publicizar os projetos que estão sendo feitos no âmbito do TRE-RN, especialmente por tratarem de temáticas inovadoras e por possuírem grande potencial de compartilhamento com outros tribunais e, em alguns casos, com outras instituições. Inclusive, um anseio do presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, quando idealizou a residência foi de que os projetos atendessem dois pontos: a inovação e a possibilidade de compartilhamento”, explicou Osmar Fernandes, um dos coordenadores da Residência TI.

Na página estão disponíveis diversas informações sobre a residência, como: a metodologia utilizada, os projetos executados e a apresentação da equipe - que é composta por 12 residentes e coordenada pelos servidores Marcos Maia, Osmar Fernandes e Carlos Câmara. Além disso, também conta com uma galeria de fotos e uma página reservada para as notícias que foram veiculadas na mídia. A construção do hotsite foi realizada pela Seção de Publicações Eletrônicas (SPE), a partir de informações fornecidas pelos residentes e preceptores.

Sobre o programa

A Residência TI trata-se de uma iniciativa da Presidência do TRE-RN em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através do Instituto Metrópole Digital (IMD). A ação tem o propósito de, através da inserção de alunos residentes da UFRN em ambientes do TRE-RN, executar projetos na área de TI que possam trazer contribuições para os serviços prestados pela Justiça Eleitoral e de outras instituições interessadas nas inovações. Além disso, com essa iniciativa, os universitários passam a ter uma experiência prática no mercado, possibilitando o desenvolvimento de mão de obra qualificada no âmbito da tecnologia da informação do estado.

Além da implantação da Residência de TI, ocorre também a capacitação de grande número de servidores do TRE-RN e de Órgãos convidados por meio do Curso de Pós-Graduação LatuSensu em TI. Os servidores estão se especializando em duas grandes áreas, de modo que eles também passam a trabalhar nos projetos que foram planejados para os 18 meses do programa.

Últimas notícias postadas

Recentes