TRE-RN realiza amanhã (sábado) sorteio de urnas eletrônicas para auditoria

O sorteio será feito na presença de representantes das coligações partidárias, do Ministério Público e do Juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, presidente da comissão

O sorteio será feito na presença de representantes das coligações partidárias, do Ministério Público e do Juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, presidente da comissão

A comissão de Auditoria do Funcionamento das Urnas Eletrônicas do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) promoverá no dia 06 de outubro, véspera do 1º turno das Eleições 2018, às 9h, na Sala de Sessões do Edifício Sede do TRE-RN, localizado na Avenida Rui Barbosa, 215, Tirol, Natal/RN, o sorteio das seis seções eleitorais que terão suas urnas auditadas.

O sorteio será feito na presença de representantes das coligações partidárias, do Ministério Público e do Juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, presidente da comissão.

A Auditoria das Urnas Eletrônicas está disciplinada pela Resolução TSE nº 23.550/2017, alterada pela Resolução TSE nº 23.574/2018, e consiste em um procedimento cuja finalidade remete a verificação do funcionamento das urnas eletrônicas.

No dia da eleição, três das urnas eletrônicas sorteadas serão submetidas a uma votação idêntica à oficial, conforme procedimentos estabelecidos nas referidas Resoluções do TSE. O propósito final da auditoria é verificar a correspondência entre os votos constantes nos boletins de urnas e no relatório do Sistema, a fim de comprovar que os votos foram contabilizados corretamente pela urna eletrônica.

Nas outras três urnas, a auditoria é realizada na própria Seção Eleitoral (local de votação), com o propósito de verificar a autenticidade e integridade dos sistemas utilizados na votação.

Todos os trabalhos serão filmados e acompanhados por auditores, que fiscalizam as atividades desenvolvidas, e um representante do Ministério Público.

Informações acerca dos trabalhos da Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas poderão ser obtidas no endereço eletrônico comissaoauditoriaurnas@tre-rn.jus.br.

Entenda como ocorrem as auditorias

A auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas em condições normais de uso, denominada antes de votação parelela, consiste em uma simulação da votação oficial, com a digitação de votos em urnas preparadas com antecedência para o dia do pleito. No encerramento da votação, às 17h, os dados do boletim de urna são comparados com aqueles feitos em cédulas de papel, depositados previamente nas urnas de lona. A auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas instalados nas urnas eletrônicas conhecida como auditoria em tempo real objetiva permitir que os partidos, entidades e cidadãos interessados verifiquem se as assinaturas digitais dos sistemas instalados nas urnas eletrônicas que serão usados no dia votação conferem com as assinaturas digitais dos sistemas lacrados no TSE no início de setembro.        

 

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes