TRE-RN conquista medalha de prata no Prêmio CNJ de Qualidade

O anúncio foi feito durante a abertura do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário

TRE-RN conquista medalha de prata no Prêmio CNJ de Qualidade

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) termina o ano de 2019 conquistando mais uma premiação. Desta vez, a Justiça Eleitoral potiguar ganhou medalha na categoria Prata do Prêmio CNJ de Qualidade, concedido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O anúncio foi feito durante a abertura do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário, que acontece na cidade de Maceió/AL. A diretora geral do TRE, Simone Mello, e a assessora de planejamento, Yvette Guerreiro, assistiram à cerimônia.

O Prêmio CNJ de Qualidade é um estímulo para os segmentos do Poder Judiciário buscarem excelência na gestão e planejamento, na organização administrativa e judiciária, na sistematização e disseminação das informações, e na produtividade, sob a ótica da prestação jurisdicional.

A avaliação levou em consideração três eixos temáticos: Governança, Produtividade, Transparência e Informação. Em Governança, que representou 33,6% da pontuação, foram avaliados aspectos relacionados ao funcionamento de unidades e comissões, implantação de resoluções, utilização do Processo Judicial Eletrônico (PJe) e estrutura na área de tecnologia da informação, práticas socioambientais, capacitação, ações voltadas à saúde de magistrados e servidores, respostas às demandas da ouvidoria e gestão participativa na formulação de Metas Nacionais.

Noventa Tribunais participaram da disputa, 59 foram premiados e 31 não obtiveram premiação em face de um menor desempenho.

Sob a análise do CNJ, o TRE-RN se destacou nos eixos de Governança e Transparência. Esses aspectos renderam neste ano outros prêmios à atual gestão do Desembargador Glauber Rêgo. Em setembro, o TRE-RN conquistou o primeiro lugar no Ranking da Transparência entre os tribunais de todos os seguimentos da Justiça brasileira. Além disso, no mês seguinte, o tribunal potiguar alcançou o primeiro lugar no Índice de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário de 2019. Essas premiações também foram concedidas pelo CNJ.

Últimas notícias postadas

Recentes